Diga ao Ministro da Educação que não podem haver Alunos de 1ª e Alunos de 2ª! Todos têm que ter acesso a acompanhamento psicológico nas melhores condições.

E isso só se consegue com Psicólogos a Tempo Inteiro!

Assine a Petição e divulgue esta causa junto dos seus amigos, principalmente junto de pais com filhos em idade escolar para que conheçam a realidade em que o Ministério quer colocar os seus filhos.

(já chega de) Psicólogos a Meio-Tempo!

 

(já chega de) Psicólogos a Meio-Tempo!

(já chega de) Psicólogos a Meio-Tempo!

Sr. Ministro da Educação,

A presença de um psicólogo na escola é nos dias que correm uma condição considerada básica e essencial ao bom funcionamento das atividades pedagógicas, escolares e educativas. Quer no panorama nacional quer internacional.

Um psicólogo em contexto escolar intervém diretamente na eficácia pedagógica (melhoria do rendimento académico dos alunos), previne o absentismo, contribui para erradicar o abandono escolar, avalia o psicodesenvolvimento dos alunos entre o pré-escolar e o ensino secundário, participa nos processos de integração de necessidades especiais, promove e dinamiza ações de desenvolvimento de carreira ajudando os alunos a planear o seu futuro formativo e profissional de forma consciente e informada; o psicólogo na escola colabora interna e externamente na resolução de problemas mediando a relação família-escola.

No entanto, não existem concursos de acesso à carreira desde 1999, condenando os psicólogos escolares à precariedade e à instabilidade e, este ano, de novo, o Ministério da Educação está a proceder à colocação de psicólogos a meio tempo em agrupamentos de escolas que chegam a ter 1.500 alunos. Esta situação é contrária ao direito de todos os alunos e comunidade educativa de beneficiarem de serviços de psicologia de qualidade com rácios recomendados internacionalmente de 1 psicólogo/1.000 alunos, muito aquém da realidade verificada com as contratações atuais.

Visa esta petição, acabar com os horários de apenas 18h semanais na contratação de psicólogos em escolas e garantir o direito dos alunos na escola pública ao acesso confiável, estável e contínuo aos Serviços de Psicologia e Orientação.

Apenas a presença permanente (a tempo inteiro) e estável (o mesmo profissional por vários anos) de pelo menos 1 psicólogo num rácio de 1/1000 alunos, poderá garantir a qualidade dos serviços a que um psicólogo está obrigado no seu desempenho profissional diário em contexto escolar.

Adicionalmente, a hipotética e reduzida poupança que o Ministério tenta obter esbate-se nos custos muito mais elevados que esta situação provoca.

Desta forma peticionamos:

(1) O cumprimento da legislação vigente, com a presença efetiva de psicólogos em todas as escolas públicas;
(2) O reconhecimento dos psicólogos escolares como necessidades permanentes nas escolas;
(3) A transformação dos contratos existentes a meio tempo em contratos a tempo inteiro.

[your signature]

3,918 signatures

Partilhe esta Petição com os seus amigos:

   

 

Últimas Assinaturas
3,918 António Rodrigues
3,917 Idalina Magalhães
3,916 Márcia Barros
3,915 Carla Machado
3,914 Rodrigo Fragoso
3,913 Patrícia Pais Ferreira de Almeida Ribeiro Leitão
3,912 Lara Peixoto Santos
3,911 Raquel Silva
3,910 Ana Paula Pimentel Monteiro
3,909 Angela Ferreira
3,908 Susana Pereira
3,907 André Fernandes
3,906 Joana Luz Neto
3,905 Miguel Monteiro
3,904 Maria FERREIRA
3,903 Adriana Leocádio
3,902 Vanessa Batista de Oliveira
3,901 Victor Guimaraes Azevedo
3,900 Rosa Fernandes
3,899 Manuela Maciel
3,898 Adriana Ferreira
3,897 Inês Dias
3,896 Leonor Delgado Martins de Almeida d'Eça
3,895 Gonçalo Santos Freitas
3,894 Inês Martins
3,893 Marta Ferreira Garcia
3,892 Miriam Alves Lopes
3,891 dália maria borges de almeida cardoso
3,890 Carlos Manuel Simões Gomes
3,889 Ana Quental
3,888 Marta Ramos
3,887 Cláudia Canez
3,886 André Beleza
3,885 Daciana Azevedo
3,884 Cristina Beleza
3,883 miguel pleno
3,882 Ana Soares Carracha
3,881 carla Baltazar
3,880 Conceição Campos
3,879 Florbela de Jesus dos Santos
3,878 Cátia Campos
3,877 Maria Eduarda Bettencourt Rosa
3,876 Maria Manuela Moura
3,875 Isabel Neves Ribeiro
3,874 Ana Távora
3,873 Elsa Ruivo
3,872 Helena Jorge
3,871 Maria do Carmo Quinteira
3,870 Anabela Acha
3,869 Vitor Alves